Show simple item record

dc.contributor.authorFreires, Thiago
dc.contributor.authorPereira, Fátima
dc.date.accessioned2015-07-30T13:04:37Z
dc.date.available2015-07-30T13:04:37Z
dc.date.issued2015-07-30
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10835/3736
dc.description.abstractA presente comunicação tem por objetivo central problematizar os processos envolvidos na elaboração e desenvolvimento de investigação empírica pautada pela abordagem narrativa. O trabalho de reflexão proposto vincula-se a uma investigação de doutoramento que se encontra em andamento, no âmbito das ciências da educação, cujo interesse primordial é compreender em profundidade os percursos de escolarização de jovens que frequentam a Escola Pública em contextos sensíveis. No entendimento de que a abordagem narrativa tem o potencial para se constituir numa fonte de informação sobre um grupo social específico, estudantes do ensino secundário em dois países distintos, Brasil e Portugal, levantamos uma série de questões que podem ser determinantes do caráter constitutivo das informações a serem recolhidas. Assim, chamamos a atenção para os sentidos do trabalho biográfico e a sua essência colaborativa, refletimos sobre os cuidados que a seleção dos sujeitos exige e discutimos a possível emergência de vulnerabilidades na relação entre investigador e participantes. Em tom de conclusão, salientamos que a interpretação dos dados gerados exige um diálogo entre as diversas partes interessadas na investigação e referimos que o conhecimento emergente do desenvolvimento de narrativas biográficas sempre resulta de um trabalho de intervenção.es_ES
dc.language.isoeses_ES
dc.sourceV JORNADAS DE HISTORIAS DE VIDA EN EDUCACIÓN VOCES SILENCIADASes_ES
dc.titlePara além dos muros da escola: os estudantes e a periferiaes_ES
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/articlees_ES
dc.rights.accessRightsinfo:eu-repo/semantics/openAccesses_ES


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record